Skip to content

Panorama de mercado – 11/01/2013 às 8h12

11/01/2013

... Conforme já mencionado por várias vezes, a perspectiva de desempenho para a ação (OGXP3) é favorável e o rompimento desse patamar pode deflagrar movimento de alta mais forte, onde o papel poderá testar as resistências situadas em R$ 5,36 e R$ 5,88.

Decisões sobre taxas de juros

As taxas básicas de juros do Reino Unido e da zona do euro permaneceram estáveis, sem modificações em decorrência das reuniões de política monetária mantidas respectivamente pelo BoE e pelo BCE.

Ontem, após o término da reunião para a zona do euro, o presidente do BCE, Mario Draghi, mostrou otimismo cauteloso com relação ao desempenho da economia europeia em 2013 e adiante. O fato de que não se pensa mais em redução da taxa básica de juros da zona do euro serviu de estímulo para o fortalecimento do euro nos mercados internacionais.

Mundo

As bolsas de valores da Ásia fecharam em baixa, com exceção da bolsa de Tóquio, que operou em forte alta devido ao novo pacote de estímulos anunciado pelo governo japonês.

Na China, o registro de inflação acima do esperado em dezembro derrubou a bolsa de Xangai, já que pode vir a atrapalhar a continuidade de medidas de flexibilização monetária no país pelo banco da China.

Na Europa, as bolsas apresentam leve alta às 7h51, devido às perspectivas mais otimistas com o desempenho da economia europeia, além da melhora substancial no resultado da balança comercial chinesa em dezembro.

Nos EUA, os futuros de índices de preços de ações apresentam leve recuo no mesmo instante, após a forte alta registrada no pregão de ontem.

Brasil

O índice Ibovespa voltou a apresentar volatilidade ao longo do pregão de ontem, tendo registrado leve alta de 0,16%, aos 61.678 pontos. Veja, a seguir, o gráfico candlestick diário do índice Ibovespa.

IBOV_diario_2013-01-11_0802

O índice parece ter encontrado forte suporte na faixa dos 61.000 pontos, tendo respeitado o patamar por várias vezes nos últimos dias. Por outro lado, também parece não ter forças para romper o patamar dos 62.500 pontos.

Ou seja, deve continuar  a mostrar movimento lateral, oscilando entre esses dois extremos até que algum novo fato force o rompimento do índice em qualquer uma das direções (alta/baixa).

OGXP3 voltou a ser destaque de alta no pregão de ontem, tendo voltado a pressionar os vendidos, que lutam para impedir que o preço da ação rompa a resistência na faixa dos R$ 5,11/ação. A ação fechou a R$ 4,99, com alta de 3,53%.

Conforme já mencionado por várias vezes, a perspectiva de desempenho para a ação (OGXP3) é favorável e o rompimento desse patamar pode deflagrar movimento de alta mais forte, onde o papel poderá testar as resistências situadas em R$ 5,36 e R$ 5,88.

Bons negócios!

Acesse também

http://www.investcerto.com.br

Siga a InvestCerto no Twitter

http://twitter.com/investcerto

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: