Skip to content

Panorama de mercado – 10/01/2013 às 8h57

10/01/2013

… Continuo pessimista em relação à economia brasileira no curto prazo, e acredito existir forte componente de incerteza em relação ao desempenho das economias da Europa, EUA e China. Nesse sentido, continuo a sugerir cautela na compra de ações. O risco sistemático (beta) está elevado e penso que o investimento em bolsa só se justifica em face de ações com boas perspectivas específicas – com ótimos fundamentos e características independentes do desempenho da economia mundial e das bolsas internacionais.“.

Bons negócios!

Mundo

Bolsas de valores da Ásia: fecharam em divergência, apesar das altas (acima do esperado) de 14,1% nas exportações e 6% nas importações (frente a um ano atrás) registradas em dezembro na economia da China.

Bolsas de valores na Europa: sobem levemente ás 8h19, ancoradas na expectativa de recuperação da economia chinesa, conforme sugerem os últimos indicadores divulgados (saldo da balança comercial de dezembro). Além disso, os investidores aguardam as decisões de política monetária do Banco Central Europeu (BCE) e do Banco da Inglaterra (BoE), principais drivers do mercado hoje, para se posicionar.

No caso do BCE, as apostas de redução dos juros básicos estão equilibradas, enquanto que no caso do BoE, não se esperam alterações na reunião de hoje. Apesar do ambiente recessivo nas economias da Europa, vale lembrar que as bolsas de Londres de de Frankfurt negociam nas máximas registradas desde o início de 2011.

Nos EUA, os futuros de índices sobem, dando continuidade à alta de ontem. Os mercados dos EUA se animaram com o resultado positivo registrado pela Alcoa no 4TRI/12. Além disso, o saldo positivo, acima do esperado, para a balança comercial chinesa em dezembro também afeta positivamente o desempenho das bolsas de NY para hoje.

Brasil

O principal indicador a ser divulgado hoje é a medida de inflação para dezembro (IPC-A), que definirá a inflação oficial para 2012.

Bolsa

Apesar de muita volatilidade ao longo do dia, o Ibovespa conseguiu consolidar a alta ao final do dia e subiu 0,74%, aos 61.548 pontos. No pior momento do dia, o índice se aproximou de seu primeiro suporte, na faixa dos 61.000 pontos. Já no melhor momento, se aproximou dos 62.000 pontos.

Os destaques ficaram para a recuperação dos preços das ações das companhias elétricas, que amargaram fortes quedas na terça-feira. O governo negou a possibilidade de racionamento de energia, após reunião mantida entre a presidente Dilma, o ministro das minas e energia, Edison Lobão, e autoridades da área. Depois da reunião o Ibovespa conseguiu consolidar a alta para o pregão.

Veja, a seguir, o gráfico candlestick diário do índice Ibovespa.

IBOV_diario_2013-01-10_0845

Resistência: faixa dos 62.000 pontos; em seguida, 62.500 pontos.

Suporte: 61.000 pontos; em seguida, 60.366 pontos.

Continuo pessimista em relação à economia brasileira no curto prazo, e acredito existir forte componente de incerteza em relação ao desempenho das economias da Europa, EUA e China. Nesse sentido, continuo a sugerir cautela na compra de ações. O risco sistemático (beta) está elevado e penso que o investimento em bolsa só se justifica em face de ações com boas perspectivas específicas – com ótimos fundamentos e características independentes do desempenho da economia mundial e das bolsas internacionais.

Bons negócios!

Acesse também

http://www.investcerto.com.br

Siga a InvestCerto no Twitter

http://twitter.com/investcerto

Anúncios
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: