Skip to content

Panorama de mercado – 03/12/2012 às 9h07

03/12/2012

Mercados

Conforme divulgado na imprensa durante o final de semana, os dois índices PMI da indústria da China (oficial e calculado pelo HSBC) registraram alta em novembro, frente aos valores obtidos no mês anterior. Ambos obtiveram valores acima de 50 pontos, indicando aceleração da atividade do setor no período. Apesar disso, as bolsas da China caíram devido ao fraco desempenho do setor de consumo (não cíclico) da economia.

As bolsas de valores da Ásia fecharam em divergência nessa madrugada, com destaque negativo para as bolsas da China, que fecharam em forte queda: Hong Kong (-1,19%) e Xangai (-1,03%).

As principais bolsas de valores da Europa têm alta moderada às 8h58. Nos EUA, os futuros de índices de ações operam em leve alta (DJ e S&P500), no mesmo instante.

Conjuntura

Emergentes

Apesar da China ter mostrado melhora na atividade industrial em novembro, uma análise mais detalhada mostra que o crescimento econômico do país depende, cada vez mais, dos investimentos realizados pelo estado. Além disso, a fraqueza econômica experimentada pelo mundo ocidental (Europa e EUA) tem contribuído para piorar a performance dos países emergentes.

Um reflexo disso é o baixo desempenho econômico de países emergentes registrado em 2012, a exemplo do “pibinho” esperado para o Brasil neste ano. Espera-se, também, que a Índia venha a registrar o menor crescimento econômico em uma década em 2012. No caso da China, apesar da melhora da indústria em novembro, fala-se que o governo chinês estabelecerá uma meta de crescimento do PIB do país em 7,50% para 2013.

A economia funciona como um sistema de vasos comunicantes. Se as coisas não vão bem de um lado, elas acabam por afetar o outro lado do sistema. Dessa forma, a economia mundial tem sofrido as consequências dessa retração econômica. Isso quer dizer o seguinte: se a Europa e os EUA continuarem a ter fraco desempenho em 2013, a chance é de que os emergentes também o tenham, repetindo o desempenho abaixo do esperado – obtido em 2012.

Europa – Grécia

A Grécia realiza em poucos dias o leilão de recompra de sua dívida soberana com deságio competitivo. Ela tem como objetivo comprar o máximo de dívida pelo menor preço (maior desconto) possível para se enquadrar nas metas acordadas de diminuição de dívida soberana definidas nas negociações da semana passada com a Troika (BCE, FMI e UE).

A situação grega continua representando um risco para o mercado, na medida que a situação fiscal de sua economia ainda é a pior possível e os sacrifícios impostos para o povo são descomunais.

EUA

Permanece o impasse nas negociações entre os partidos democrata e republicano para se chegar a uma solução de consenso em relação ao esperado abismo fiscal para 2013.

Brasil

A bolsa brasileira voltou a registrar baixa na sexta-feira. O índice Ibovespa caiu 0,65%, aos 57.474 pontos.  A situação mundial repercute no mercado local que, por sua vez, tem seus próprios problemas.

Ocorreram vários destaques negativos no índice; ligados, principalmente, aos setores cíclicos da bolsa, como o de commodities: PETR4 (-2,56%; R$ 18,66); OGXP3 (-3,13%; R$ 4,34). Já as ações da Vale conseguiram resistir e fecharam com leve alta: VALE% (+0,27%; R$36,70).

O desempenho recente do índice (e da bolsa como um todo – com raras exceções) tem demonstrado isso.

Veja, a seguir, o gráfico candlestick diário do índice Ibovespa com seus respectivos pontos críticos (suporte e resistência) assinalados.

IBOV_2012-12-03_0835

Veja, a seguir, o gráfico candlestick diário da PETR4, com seus respectivos pontos críticos (suporte e resistência) assinalados.

PETR4_2012-12-03_0851

Veja, a seguir, o gráfico candlestick diário da OGXP3, com seus respectivos pontos críticos (suporte e resistência) assinalados.

OGXP3_2012-12-03_0853

Veja, a seguir, o gráfico candlestick diário da VALE5, com seus respectivos pontos críticos (suporte e resistência) assinalados.

VALE5_2012-12-03_0855

Perspectivas

Os principais papéis da Bovespa devem continuar a trabalhar em linha com o desempenho das bolsas internacionais.Vale lembrar que o cenário mundial apresenta muitos riscos nesse final de ano; o que deve trazer volatilidade à bolsa local

Já as ações do setor elétrico continuarão a mostrar volatilidade até que se tenha um quadro mais claro a respeito de como ficará o setor; tanto em termos de indenizações/renovações de concessões a serem definidas, assim como de sua perspectiva de retorno futuro.

Bons negócios!

Acesse também

http://www.investcerto.com.br

Siga a InvestCerto no Twitter

http://twitter.com/investcerto

Anúncios
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: