Skip to content

Estudo: Curvas de Juros Spot e a Termo – 30/11/2012 às 11h24

30/11/2012

PIB – 3TRI/12

A variação do PIB do país no 3TRI/12 foi de apenas +0,60% frente ao crescimento de 0,20%, obtido no trimestre anterior. A notícia já é ruim em si, pois mostra que a economia não está respondendo aos estímulos concedidos pelo governo. Além disso, o aumento do PIB veio muito abaixo do que os analistas esperavam, que era algo em torno de 1% a 1,20% no trimestre.

Esse resultado causou, de imediato, uma reordenação das expectativas dos agentes de mercado, assim como das taxas de juros (nominais e reais) negociadas no mercado futuro. O crescimento da economia brasileira vem se calcando no consumo das famílias nos últimos anos.

Entretanto, conforme já foi apontado por vários estudos, esse modelo já se esgotou, sendo necessário que haja um novo round de investimentos (infraestrutura etc.) na economia para que se possa entrar novamente em um círculo virtuoso de crescimento. Há necessidade de que o investimento e a poupança sejam recompostos, para que haja condições do crescimento ser sustentável no longo prazo. Não se pode ter apenas “vôos de galinha”.

Mercado Futuro de Taxas de Juros

As taxas de juros futuras reagiram de imediato ao débil crescimento do PIB. A queda se deu com mais ênfase no vencimento do DI de janeiro/14, pois esse guardava alto prêmio devido às dúvidas em relação à direção da taxa Selic em 2013. Entretanto, toda a estrutura a termo de juros acompanhou a tendência, registrando fortes quedas ao longo da curva spot de juros.

Pode-se afirmar, com certeza, que o Banco Central não vai subir a Selic em 2013. Ao contrário, se o crescimento da economia brasileira permanecer abaixo do esperado e a conjuntura internacional permanecer recessiva (e desinflacionária), pode-se ter novas reduções na Selic.

O dólar pronto negocia em alta no mercado: +0,47% aos R$ 2,107/US$. Caso ele estivesse em baixa, a redução nas taxas de juros poderia ter sido até maior.

Veja, a seguir, as curvas de juros spot e a termo para os DI’s curtos e longos às 11h24, assim como as variações das taxas de juros frente aos níveis estabelecidos pelos ajustes corrigidos para hoje.

Curvas_30-11-12 curta 11h24

Curva de DI’s longos:

Curvas_30-11-12 longa 11h24

Taxas de Juros pós-fixadas

O site do Tesouro Direto mostra a NTN-B Principal de 15/05/2015 cotada com rendimento de 2,04% aa, apresentando forte queda frente aos 2,20% aa negociados ontem.

Vale observar que a perspectiva de inflação para 2013 (e adiante) continua em alta e com a redução apresentada pelas taxas de juros prefixadas nessa manhã, só poderia dar no que deu: queda forte dos títulos pós-fixados.

Veja, a seguir, como estão cotados todos os títulos negociados pelo Tesouro Direto esta manhã.

TD_2012-11-30_1131

Bons negócios!

Acesse também

http://www.investcerto.com.br

Siga a InvestCerto no Twitter

http://twitter.com/investcerto

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: