Skip to content

Estudo: Curvas de Juros Spot e a Termo – 22/11/2012 às 12h06

22/11/2012

IPCA-15

O IPCA-15 de novembro ficou em 0,54%, tendo registrado queda frente ao patamar de 0,65% relativo a outubro. A inflação no varejo, medida pelo índice, acumulou 5,05% no ano até novembro e mostra variação de 5,64% nos últimos 12 meses; tendo se elevado frente ao patamar de 5,56% registrado nos últimos 12 meses até outubro/12.

O IPCA-15 veio levemente acima do esperado pelo mercado e apresentou menor elevação no item alimentação, que vinha pressionando o índice nos últimos meses. Além disso, apresentou alta nos produtos não alimentícios, com destaque para a contribuição do aumento nos preços da gasolina, que mostraram aceleração frente ao mês anterior.

Vale lembrar que o IPCA-15 funciona como uma prévia do IPCA referente ao mês fechado, a ser divulgado em alguns dias.

Emprego

O nível de desemprego ficou em 5,3% em outubro, mostrando queda frente à taxa de 5,4%, obtida em setembro. O patamar registrado de desemprego é o mais baixo da série histórica para os meses de outubro e veio dentro do esperado pelo mercado.

Atividade

O presidente do Banco Central do Brasil afirmou que o ritmo de crescimento do país já acelerou e que pode se intensificar para 2013.

Além disso, afirmou que pode vir a intervir no câmbio caso necessário. Vale ressaltar que uma taxa de câmbio mais desvalorizada ajuda às exportações e prejudica as importações, mas tende a aumentar a inflação local. Nesse sentido, há o efeito positivo pelo lado da atividade econômica da indústria e o lado negativo pelo aumento da inflação.

Mercado Futuro de Taxas de Juros

Após a forte alta das taxas de juros futuras no pregão de ontem, há uma certa acomodação nessa manhã, com leve baixa.

O indicador de inflação veio levemente acima do esperado, contribuindo para o aumento das taxas de juros dos DI’s de prazos intermediários e longos. O mesmo efeito acontece com o baixo desemprego registrado em outubro; se bem que este veio em patamar já esperado pelo mercado.

Por outro lado, a ameaça de intervenção no câmbio, feita pelo presidente do banco Central, vai na direção de baixar as taxas de juros futuras. O dólar comercial cede 0,19%, sendo cotado a R$ 2,091/US$ para a venda nesse momento.

Resta ver qual vai ser a resultante de todas essas variáveis no cômputo final. A conferir.

Veja, a seguir, as curvas de juros spot e a termo para os DI’s curtos e longos às 12h06, assim como as variações das taxas de juros frente aos níveis estabelecidos pelos ajustes corrigidos para hoje.

Curva de DI’s curtos:

Curva de DI’s longos:

Taxas de Juros pós-fixadas

O site do Tesouro Direto mostra a NTN-B Principal de 15/05/2015 cotada com rendimento de 2,37% aa. – com leve alta frente aos 2,33% aa negociados sexta-feira.

Veja, a seguir, como estão cotados todos os títulos negociados pelo Tesouro Direto esta manhã.

Bons negócios!

Acesse também

http://www.investcerto.com.br

Siga a InvestCerto no Twitter

http://twitter.com/investcerto

 

Anúncios
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: