Skip to content

Panorama de mercado – 03/09/12 às 8h55

03/09/2012

Agenda:

– EUA tem feriado; não há indicadores programados e os mercados não funcionam no país;

– Europa (zona do euro): PMI final da Indústria para agosto;

– Brasil: inflação de agosto, medida pelo IPC-S da FGV; relatório Focus; resultado da balança comercial (agosto).

A sexta-feira terminou com más notícias vindas da China, onde o índice oficial PMI da indústria apresentou queda em agosto, tendo registrado 49,2 pontos ante 50,1 pontos de julho. Tanto o PMI da indústria calculado pelo banco HSBC quanto o PMI oficial, calculado pelo governo, apontam para novo enfraquecimento da economia chinesa em agosto.

Por outro lado, começa-se a questionar a real intenção do governo chinês em implementar medidas mais fortes de estímulo para a economia, uma vez que não o fez até esse momento. O risco é de que o PIB do país cresça abaixo de 7,50% em 2012, caso o governo não interceda por meio de estímulos à economia.

Bolsas

As bolsas asiáticas fecharam com sinais diversos, com destaque para a queda do índice Nikkei em decorrência do fraco desempenho da indústria chinesa, espelhado pelo resultado do PMI oficial de agosto. Entretanto, outras bolsas do continente asiático, a exemplo da bolsa de Shangai, fecharam no azul à espera de mais estímulos para economia da China.

Na Europa, as bolsas têm alta moderada nesse momento; também à espera de mais estímulos promovidos pelos bancos centrais dos EUA (FED), Europa (BCE) e China (Banco da China).

É flagrante a correlação de movimentos de alta nas bolsas internacionais com a expectativa de atuação dos BC’s desses vários países. Nesse sentido, percebe-se a fragilidade desse movimento de alta dos mercados! Ou seja, ele acontece dentro de uma profunda crise econômica mundial, que não tem poupado qualquer país.

No entanto, as bolsas se agarram nos eventuais estímulos que possam vir a ser implementados para fundamentar suas altas… É bom ficar esperto, porque a situação é de crise, a qual não será resolvida a curto prazo, e o cardápio disponível de estímulos está cada vez mais restrito e com potencial eficácia duvidosa a essa altura do compeonato.

Essa semana haverá várias reuniões de bancos centrais, com destaque para as reuniões do Banco da Inglaterra (BoE) e do Banco Central Europeu (BCE) na quinta-feira.

Mercado Brasileiro

A BMF&Bovespa tem mostrado fraqueza nos últimos pregões em face da incerteza reinante no momento econòmico internacional atual. Os drivers internos da economia não têm dado sustentação ao Ibovespa por conta dos papeis que comandam o índice como Petrobras, Vale, siderúrgicas e bancos – os quais tèm oscilado em função dos prognósticos para a economia global e para o setor bancário mundial.

Dessa forma, a continuar a indefinição nas economias centrais, é bastante possível que o índice Ibovespa continue a perder fôlego nos próximos dias.

Veja, a seguir, o gráfico candlestick diário do Ibovespa.

Bons negócios!

Acesse também

http://www.investcerto.com.br

Siga a InvestCerto no Twitter

http://twitter.com/investcerto

Anúncios
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: