Skip to content

Estudo: Curvas de Juros Spot e a Termo – 20/08/2012 (às 11h09)

20/08/2012

Relatório Focus;

O relatório Focus dessa semana voltou a apresentar aumento na expectativa de inflação fechada para 2012. Todos os indicadores de inflação monitorados pelo Banco Central em sua pesquisa semanal apresentaram alta (IPCA, IGP-DI, IGP-M, IPC-Fipe). No caso do IPC-A, medida oficial da inflação, o mercado estima nesse momento 5,15% frente a 5,11% da semana passada – comparação feita pela mediana agregado. Avançando para o final de 2013, a o IPC-A permaneceu estável em 5,50% aa frente ao estimado na semana passada

Já em relação ao desempenho do PIB, houve queda da estimativa; espera-se aumento de 1,75% ante 1,81% registrado semana passada. Para 2013 a projeção do indicador permaneceu estável em 4,0%. Por outro lado, tanto a cotação do dólar, quanto a taxa meta Selic permaneceram estáveis: R$ 2,00/US$ para o câmbio e 7,25% aa para a taxa Selic – ambos para o final de 2012. Avançando para o final de 2013, a taxa meta Selic apresentou queda para 8,38% aa frente 8,50% aa da semana passada, enquanto a cotação do dólar permaneceu estável em R$ 2,00/US$.

Detalhes sobre os indicadores do relatório Focus podem ser vistos em:

http://www4.bcb.gov.br/pec/GCI/PORT/readout/R20120817.pdf

Agenda:

A 2a prévia do IGPM de agosto registrou aumento de 1,38% no período; percentual superior ao aferido no mesmo período do mês anterior que foi de 1,11%.

As taxas de juros dos DI’s não registraram elevação muito acentuada em decorrência da piora na expectativa de inflação registrada pelo mercado, assim como pela elevação da inflação medida pelo IGPM, conforme divulgado em sua 2a prévia para o mês. Já a taxa de juros da NTNB Principal para 15/05/2015, permanece nos 3,15% aa, patamar de fechamento na semana passada.

O governo “jura de pé junto” que a inflação tende para o centro da meta de 4,5% em 2012.Os índices de inflação têm apresentado elevação recente devido ao choque de preços agrícolas que, quando terminar, deve descomprimir a inflação. Entretanto, deve-se ter em mente que com a economia se recuperando, conforme já é possível se aferir pelos últimos indicadores, ficará mais difícil segurar os preços de produtos e serviços.

Nesse sentido, o mercado reluta em derrubar as taxas de juros dos DI’s com vencimentos intermediário e longo.

Taxas de Juros Futuras – DI

Observe, a seguir, o gráfico da curva de juros spot e a termo dos DI’s às 11h09.

Curva de DI’s curtos:

Pode-se aferir, a seguir, as variações das taxas de juros spot (em p.p.) dos contratos listados acima nesse horário.

Curva de DI’s longos:

Pode-se aferir, a seguir, as variações das taxas de juros spot (em p.p.) dos contratos listados acima nesse horário.

Bons negócios!

Acesse também

http://www.investcerto.com.br

Siga a InvestCerto no Twitter

http://twitter.com/investcerto

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: