Skip to content

Estudo: Estratégia de Venda Coberta em USIM5 – 30/07/12 às 14h56

30/07/2012

O Goldman Sachs elevou a recomendação das ações da Usiminas nesta segunda-feira. O banco mudou sua perspectiva em relação ao papel: de “venda” para “compra”. A Usiminas virou top pick entre as empresas de toda a América Latina acompanhadas pelo banco. Por conta da mudança na recomendação do banco, USIM5 tinha alta de 4,82%, sendo negociada a R$ 6,94/ação às 13h59. A justificativa do banco se baseia na melhora dos resultados apresentados pela companhia, que divulga hoje, após o fechamento do pregão, o resultado referente ao 2TRI/12.

O banco acredita que a desvalorização do real, assim como a queda na importação do aço aliada à retomada do crescimento na economia a partir do final do ano irá beneficiar os futuros resultados da companhia. Além disso, a queda de cerca de 37% no preço da USIM5 desde 29/07/2011 tornaria  a ação “barata”.

Nesse sentido, o blog InvestCerto estuda a possibilidade de duas estratégias com opções sobre USIM5:

– A) venda coberta com opções USIMI7, para 17/09/12;

– B) compra seca da opção USIMI7, para 17/09/12.

No primeiro caso (A), o objetivo da estratégia é obter um retorno da ordem de 8,86% no período de 34 dias úteis até a data de vencimento das opções em 17/09 – equivalente a um retorno anual de 87,67%. Caso USIM5 esteja a R$ 7,00/ação ou acima desse preço na data de vencimento das opções, a estratégia terá sido bem sucedida.

Por outro lado, caso esteja abaixo de R$ 7,00/ação, situação na qual não acontecerá o exercício das opções pela contraparte da estratégia, a venda da opção USIMI7 por R$ 0,50/opção irá prover uma “defesa” – sem registrar qualquer perda – até o valor de R$ 6,43/ação (R$ 6,93 – R$ 0,50) para USIM5 na data de vencimento. Ou seja, a estratégia prevê uma queda de até 7,21% para USIM5, sem que se tenha qualquer prejuízo com a estratégia. A partir desse preço, a cada R$ 1,00 de queda em USIM5, a estratégia registrará R$ 1,00 de prejuízo pelo conjunto de cada ação comprada para cada opção vendida.

Já no caso (B), a “aposta” seria na continuidade da alta da ação até a data de vencimento das opções. A opção representa cerca de 7,21% do preço da ação – um percentual relativamente elevado. Entretanto, vale observar que a opção ‘está no dinheiro”, e seu delta é de aproximadamente 0,53. Isso indica uma probabilidade de 53% de exercício para USIM5 a R$ 7,00/ação na data de vencimento  – em 17/09/12.

Configuração da estratégia de venda coberta:

– compram-se 1.000 ações USIM5 e são vendidas, simultaneamente, 1.000 opções USIMI7, com preço de exercício a R$ 7,00/opção. O desencaixe da estratégia é de R$ 6.430 para a estratégia. Obs. Não se consideram os custos operacionais e nem o imposto de renda sobre o lucro nos cálculos da estratégia.

Configuração da estratégia de compra “seca” da opção USIMI7:

– compram-se 1.000 opções USIMI7, com preço de exercício a R$ 7,00/opção. O desencaixe é de R$ 500,00 para a estratégia. Obs. Não se consideram os custos operacionais e nem o imposto de renda sobre o lucro nos cálculos da estratégia.

Característica da opção às 14h00:

Gregas iniciais para a venda coberta:

Gráfico de resultado esperado para a venda coberta:

Fluxo de caixa esperado para a venda coberta:

Gregas iniciais para a compra seca da USIMI7:

Gráfico de resultado esperado para a compra seca da USIMI7:

Fluxo de caixa esperado para a compra seca da USIMI7:

Vale ressaltar que os riscos de cada estratégia são diferenciados. No caso da venda coberta, apesar de aparentar ser uma estratégia mais conservadora do que a da compra da opção de compra, ela poderá resultar em prejuízo superior para o investidor; se bem que com menor probabilidade nesse momento. Isso decorre tanto do momento em que se formula e realiza a estratégia (hoje, em uma condição mais propícia de mercado), quanto pela defesa da ordem de 7,21% implícita na estratégia de venda coberta.

Por outro lado, a compra seca de opções implica em um prejuízo total potencial limitado ao prêmio pago pela opção – no caso, R$ 0,50/opção; ao passo que o lucro não é limitado na hipótese de forte alta do preço da ação. Enquanto que na venda coberta, a perda potencial não é limitada, mas o seu lucro sim.

Bons negócios!

Acesse também

http://www.investcerto.com.br

Siga a InvestCerto no Twitter

http://twitter.com/investcerto

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: