Skip to content

OGX Petróleo: ela acredita em suas próprias ações?

28/06/2012

Existe uma maneira mais direta e incisiva do que uma mera “teleconferência” para que a OGX Petróleo (OGX) demonstre ao mercado sua convicção a respeito da “excelente” situação em que está a companhia (desempenho operacional e financeiro), conforme foi deixado claro pela empresa na teleconferência de 27/06/12, cuja “mensagem” se encontra resumidamente descrita abaixo e no post “OGX Petróleo – WebCast – 27/06/12 (áudio já disponível)” .

“O ponto mais importante enfatizado pelo presidente do conselho da companhia é de que ela passa, nesse momento, de uma fase de prospecção/exploração para uma fase de produção de óleo. O que irá gerar cerca de U$ 1 bi/ano de caixa extra para a companhia em decorrência de economia gerada na prospecção de poços.

Além disso, o presidente do conselho foi firme em afirmar que as metas de produção estimadas pela companhia permanecem válidas e que a baixa vazão dos 2 poços do complexo de Tubarão Azul estão dentro de sua programação e planejamento com vistas a atingir os objetivos de produção pré-estabelecidos pela companhia para 2012/2013.”

Quando a direção de qualquer companhia crê que o preço de sua ação correntemente negociado em bolsa está subavaliado, ou abaixo do valuation (preço justo) ao qual ela acredita ser mais adequado, ela pode mandar uma “sinalização” ao mercado a esse respeito.

Para isso, basta ela lançar um programa de recompra de suas próprias ações no mercado, de acordo com os trâmites exigidos pela legislação relativa ao tópico (proposta da diretoria, deliberação em assembléia de acionistas etc.). É claro que tal programa precisa ser ajustado às necessidades e objetivos do caixa e investimento da companhia.

Dessa forma, ela manda um sinal inequívoco de que entende que o preço da ação de sua companhia está “desajustado” e, por isso, considera ser um investimento de valor para o seu caixa e, consequentemente, para os acionistas da companhia. As ações compradas podem, em seguida, ser canceladas, o que fará com que o valor patrimonial da ação também aumente.

Como resultado, é possível que os investidores venham a ter mais interesse em manter suas ações  em carteira (e, quem sabe, até comprar liquidamente novas ações) do que em vendê-las, após o “abalo de confiança” e “situação de crise” deflagradas pela terrível repercussão sobre o relatório a respeito da vazão dos 2 poços do complexo de Tubarão Azul. Isso para não falar que após o lançamento de programas de recompra, geralmente, os preços das ações objeto do programa experimentam “alguma alta”.

A conferir…

Bons negócios!

Acesse também

http://www.investcerto.com.br

Siga a InvestCerto no Twitter

http://twitter.com/investcerto

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: