Skip to content

Estudo de Curvas de Juros Spot e a Termo – 22/06/2012 (às 11h44)

22/06/2012

A atenção do mercado se volta, novamente, para a Europa, onde chefes de estado se reúnem para discutir propostas técnicas para a solução do imbróglio da dívida soberana europeia e crise do euro. A reunião da União Europeia, a ser realizada semana que vem (28 e 29/06), será importante para concretizar qualquer acordo nesse sentido. Uma solução definitiva para a questão é pouco provável de ser encontrada. Enquanto isso, os mercados de ações tendem a mostrar comportamento volátil e de aversão ao risco.

Já no mercado de juros local, há pouca oscilação nas taxas de juros negociadas nos DI’s futuros da BM&F. Mantém-se a tendência de redução das taxas na ponta longa da curva; se bem que em “proporções comedidas”. O aquecimento mostrado pelo emprego e o aumento na renda média do brasileiro acenam com maior dinamismo na economia local e com a retomada do crescimento econômico para o final de 2012. Essa constatação, apesar do “cenário desinflacionário” corrente no exterior, contrasta com a expectativa de uma redução mais acentuada das taxas de juros longas nesse momento.

Tomando-se a curva de juros a termo a partir do vencimento de janeiro/13, percebe-se um aumento de cerca de 1 p.p. ao ano na taxa de juros a termo até janeiro/2016 – quando atinge 10,47% aa – e a sua manutenção até 2017.  Parece ser um pouco “determinístico” que o mercado tenha definido o ponto de inflexão dessa curva a termo em janeiro/2016 e não em janeiro/2015 ou 2017.

Além disso, esperar uma alta de cerca de 3 p.p na taxa de juros para 2016 significa esperar que a inflação volte a apresentar índices acima de 5,5% ou 6% para 2015/2016. De qualquer forma, o mercado de juros está em compasso de espera para realizar novas investidas.

Confira, abaixo, as curvas de juros spot e a termo delineadas pelos DI’s às 11h44.

Curva de DI’s curtos:

Pode-se aferir, a seguir, as variações das taxas de juros spot (em p.p.) dos contratos listados acima nesse horário.

Curva de DI’s longos:

Pode-se aferir, a seguir, as variações das taxas de juros spot (em p.p.) dos contratos listados acima nesse horário.

Taxas Selic:

Veja a seguir as estimativas para as taxas Selic esperadas para as próximas reuniões do Copom, ao longo de 2012.

– a meta Selic esperada para a reunião do Copom de 10 e 11/07/12 é de 7,94% aa, apresentando uma redução de 0,56 p.p. frente à taxa Selic da reunião anterior;

– a meta Selic esperada para a reunião do Copom de 28 e 29/08/12 é de 7,75% aa, apresentando uma redução de 0,19 p.p. frente à taxa Selic da reunião anterior.

– a meta Selic esperada para a reunião do Copom de 09 e 10/10/12 é de 7,64% aa, apresentando uma redução de 0,11 p.p. frente à taxa Selic da reunião anterior.

Obs. Vale observar que foi considerado um prêmio de 0,11 p.p. ao ano acima das taxas de juros apresentadas pelos DI’s para se chegar às taxas (metas) Selic estimadas.

Bons negócios!

Acesse também

http://www.investcerto.com.br

Siga a InvestCerto no Twitter

http://twitter.com/investcerto

Anúncios
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: