Skip to content

Estudo de Curvas de Juros Spot e a Termo – 21/06/2012 (às 11h34)

21/06/2012

O clima volta a ficar pessimista em relação à economia mundial em decorrência da fraqueza dos indicadores econômicos publicados nos últimos dias. Apesar do “olho do furacão” ter se afastado com a “solução” do problema da Grécia, a Espanha, entre outros candidatos, apresenta problemas sérios para carregar sua dívida soberana.

A Europa permanece em desaceleração, com chance de aprofundar a “recessão”.  Os EUA brigam contra o desemprego e o FED renova até o final do ano a operação Twist. Do lado da indústria, o país também apresenta fraco desempenho e, espera-se que a terceira edição do “QE” venha a acontecer se o emprego não “decolar”.

As perspectivas de crescimento econômico nos países emergentes também “derrapam”, com estimativas de aumento do PIB chinês próximas a 7% aa e do Brasil na faixa de 1,5% a 2,0% em 2012. A Índia que já vinha mal, deve continuar assim.

No Brasil, o IBGE divulgou hoje o IPC-A 15 de junho, que veio abaixo das estimativas do mercado, cravando 0,18%. Isso dá alento à expectativa de menor pressão inflacionária à frente, permitindo de um lado aumento no preço dos combustíveis e, de outro, possibilidade de continuidade no ciclo de redução da Selic. Resta ver até onde o governo permitirá que o reajuste dos combustíveis comprometa a desaceleração dos índices inflacionários em ano eleitoral.

Os DI’s mostram liquidez estreita nessa manhã, apesar de apontar taxas de juros para baixo, com destaque para a ponta longa da curva. Vale lembrar que em um quadro desinflacionário no exterior, o controle da inflação local se torna mais fácil e permite maior agressividade na política de redução de juros do Banco Central.

Confira, abaixo, as curvas de juros spot e a termo delineadas pelos DI’s às 11h34.

Curva de DI’s curtos:

Pode-se aferir, a seguir, as variações das taxas de juros spot (em p.p.) dos contratos listados acima nesse horário.

Curva de DI’s longos:

Pode-se aferir, a seguir, as variações das taxas de juros spot (em p.p.) dos contratos listados acima nesse horário.

Taxas Selic:

Veja a seguir as estimativas para as taxas Selic esperadas para as próximas reuniões do Copom, ao longo de 2012.

– a meta Selic esperada para a reunião do Copom de 10 e 11/07/12 é de 7,95% aa, apresentando uma redução de 0,55 p.p. frente à taxa Selic da reunião anterior;

– a meta Selic esperada para a reunião do Copom de 28 e 29/08/12 é de 7,77% aa, apresentando uma redução de 0,18 p.p. frente à taxa Selic da reunião anterior.

– a meta Selic esperada para a reunião do Copom de 09 e 10/10/12 é de 7,63% aa, apresentando uma redução de 0,14 p.p. frente à taxa Selic da reunião anterior.

Obs. Vale observar que foi considerado um prêmio de 0,11 p.p. ao ano acima das taxas de juros apresentadas pelos DI’s para se chegar às taxas (metas) Selic estimadas.

Bons negócios!

Acesse também

http://www.investcerto.com.br

Siga a InvestCerto no Twitter

http://twitter.com/investcerto

Anúncios
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: