Skip to content

Momento delicado, mas de oportunidades…

14/05/2012

O momento é de cautela, a economia global continua a viver um cenário de indefinição; fato que tem levado os mercados a experimentar alto nível de volatilidade nos preços dos ativos. A crise da dívida soberana europeia continua a “dar frutos”, a economia chinesa luta para não sofrer um “hard landing” e os EUA insistem em apresentar alto nível de desemprego e baixo nível de contratações, perpetuando a fraqueza da demanda interna por bens e serviços.

Espera-se que, se a Grécia não conseguir formar um governo de coalizão após as últimas eleições, o país tenha que abandonar o euro e voltar ao dracma. Entretanto, a transição para a nova moeda pode levar a consequências graves tanto no âmbito local, quanto no internacional.

A crise da dívida soberana grega não foi totalmente resolvida mesmo após a reestruturação de sua dívida, e a situação pode fugir ao controle ao envolver países em situação complicada como a Espanha e a Itália. A existência de passivos em títulos soberanos desses países poderá implicar na necessidade de imediata baixa nos balanços dos bancos credores desses títulos, gerando prejuízos bilionários.

Além disso, a possibilidade de adoção de medidas como um possível “Corralito” na Espanha – conforme divulgado no blog de Paul Krugman no New York Times -, para impedir saques em massa da população junto aos bancos locais e evitar a quebra do sistema bancário pode representar a gota d’água que faltava para a eclosão de um tumulto (turmoil) financeiro internacional com consequências imprevisíveis.

O risco é que tal evento possa “descambar” para uma situação de empoçamento do crédito ou virtual paralização na concessão  de crédito interbancário (credit crunch) em nível internacional. A última vez que assistimos a uma situação dessas foi quando o banco norte-americano Lehman Brothers quebrou, em setembro de 2008.

Os investidores ainda têm muito claro as consequências dessa crise na memória… Daí a forte realização de lucros nas bolsas mundiais hoje. Situação que deve permanecer na ordem do dia se nenhuma medida de impacto for tomada logo pelos organismos financeiros internacionais como o Banco Central Europeu, Fundo Monetário Internacional e o Federal Reserve (FED) dos EUA.

Portanto, as perspectivas não são nada animadoras para a economia global. Por outro lado, conforme já observado, esse fato tem propiciado fortes quedas nos preços de algumas ações, deixando esses ativos relativamente baratos dentro de uma perspectiva de valor, tendo-se em vista o médio e longo prazos. Vale lembrar que poderão ficar ainda mais baratos nos próximos dias ou semanas a depender do desenrolar da atual situação de estresse nos mercados.

Todavia, é bom lembrar que para se obter sucesso nos investimentos em ações uma das regras básicas é “comprar bem”. Nesse sentido, deve-se procurar comprar ativos de risco quando existe muita venda e pouca compra – o que tende a tornar os seus preços convidativos -; assim como deve-se vender esses ativos quando existe muita compra e pouca venda dos mesmos – o que tende a tornar os seus preços proibitivos.

Ou seja, é importante ter a percepção de que, assim como em outras situações na vida, muitas vezes, nos investimentos em ações, a “unanimidade também pode ser burra”. Talvez seja uma boa hora para começar a estudar a compra de algumas ações que satisfaçam a esses pré-requisitos.

Bons negócios!

Acesse também

http://www.investcerto.com.br

Siga a InvestCerto no Twitter

http://twitter.com/investcerto

Anúncios
One Comment

Trackbacks & Pingbacks

  1. Ruptura econômica e política na Europa « InvestCerto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: