Skip to content

Compra de call sobre PETR4 – 26/04/12 às 12h33

26/04/2012

A presidente da Petrobras afirmou ontem que não haveria aumento de combustíveis agora; o que é extremamente negativo para os resultados da companhia. Esse tem sido um dos principais fatores para a contínua queda nos preços das ações da Petrobras. Também têm pesado fatores como a expectativa de baixo crescimento da produção de petróleo da companhia, além do elevado valor previsto para os seus investimentos – que acaba por dragar o seu fluxo de caixa livre no curtíssimo prazo. Os preços do petróleo têm se mantido altos no mercado internacional por conta de fatores geo-políticos pontuais, contribuindo, ainda mais, para prejudicar os resultados da companhia.

Entretanto, deve-se relativizar a afirmação da Presidente da Petrobras, já que a perspectiva de desaceleração nas economias da China e da Europa têm contribuído para a redução da taxa de inflação local – abrindo espaço para um eventual reajuste dos combustíveis. Além disso, pode-se administrar um aumento no preço da gasolina por meio de uma redução equivalente nas taxas e contribuições já cobradas pelo governo como a CIDE, por exemplo.

Dessa forma, é impensável acreditar que o governo venha a manter a companhia refém de sua política econômica de redução da inflação indefinidamente.  Além do que, em questões estratégicas como a mudança nos preços de combustíveis, não se anuncia na véspera; simplesmente se comunica o reajuste e pronto.

Portanto, uma alternativa interessante para se posicionar em ações da Petrobras é a compra de opções sobre PETR4. Como já é sabido, as opções permitem que o investimento realizado tenha uma perda limitada ao prêmio pago na compra da opção, enquanto que não existe essa limitação de perdas para a ação. Além disso, a compra da opção permite que a decisão de investimento na ação seja adiada pelo prazo da duração de seu contrato; o que confere vantagem estratégica para o seu titular: decidir no futuro se compra ou não a ação pelo preço de exercício fixado para a opção.

Como as ações da Petrobras vêm caindo sistematicamente desde o final de janeiro/12, pode ser que o “turnig point” para os seus preços não esteja muito longe. Porém, resta a dúvida e a incerteza que pode custar muito caro ao investidor. Por isso a compra da opção pode ser mais indicada do que a compra da ação neste momento.

Dessa forma, leia a seguir, o estudo analítico da compra da opção PETRe22.

Características da PETRe22:

Gregas para a compra de lote de 100 opções de compra da PETRe22:

Gráfico de resultado da estratégia projetado para o vencimento das opções (com 16 dias de pregão):

Fluxo de caixa estimado para a estratégia no vencimento das opções:

Vale observar que o “investimento” na opção é de R$ 0,34; representando 1,60% do preço da ação à vista (custo do seguro portfolio). Além disso, a opção está levemente fora do dinheiro (delta < 0,5) e possui uma ótima relação gamma/delta (0,72); o que mostra elevada velocidade de aumento do prêmio em caso de alta do preço da ação.

Bons negócios!

Acesse também

http://www.investcerto.com.br

Siga a InvestCerto no Twitter

http://twitter.com/investcerto

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: